Seja em um escritório, média ou grande empresa, todos ambientes profissionais precisam de controle entre a rede dos seus computadores e a internet. Todas empresas precisam de um firewall!

 

Instalar um firewall corporativo vai além do tradicional controle de conteúdo no ambiente profissional, mas também abrange a segurança dos computadores, dados e das pessoas que estão utilizando essa rede, como também proporciona disponibilidade, economia de internet e na manutenção de informática. Veja o porquê.

 

Segurança das informações

Um firewall age como um porteiro na entrada do prédio do seu estabelecimento. Cada vez que um site é acessado, o computador em que foi realizado o acesso troca informações com o servidor onde se encontra hospedado este site, isso é o que chamamos de tráfego, pois simboliza bem como se fosse um trânsito de veículos, só que neste caso falamos de sinais eletrônicos. Um pacote (que pode ser entendido com um veículo) chega a passar por milhares de dispositivos e redes para chegar ao seu destino e depois retornar ao computador da sua empresa, logo, se não houver um controle de quem chega e o que chega dentro desses pacotes, qualquer coisa vinda da internet pode chegar até os computadores da sua rede, incluindo programas maliciosos que podem causar transtornos como a desestabilização do sistema operacional, ou até o roubo de informações pessoais, de pagamento, de utilização de sites, etc.

Em uma rede desprotegida, todos computadores e dispositivos estão ligados diretamente à internet.

Esses programas maliciosos, tem características muito comuns entre si, geralmente se multiplicam com muita facilidade através da rede ou de dispositivos de armazenamento (pendrive’s, celulares, HD’s externos, etc). Se a rede da sua empresa não possui esse tipo de segurança, e se observar bem, vai notar que quando um computador é infectado com vírus, logo em seguida todos outros também são infectados, não é por coincidência, pois esses programas maliciosos foram construídos para agirem exatamente assim.

Um firewall faz a mediação e o controle do tráfego que entra e saí da rede dos computadores da sua empresa.

Economia no tráfego de internet

Outro problema bastante comum em empresas que estão em expansão é o tráfego de internet. Muitas vezes, gestores que não possuem um conhecimento mais aprofundado em tecnologia da informação, em uma empresa com apenas 5 ou 10 computadores, chegam a investir em uma internet de 50 ou 100 megabytes: Dinheiro jogado pela janela!

Grande parte do tráfego consumido em uma rede corporativa não controlada é gasto em atividades de softwares que você nem sabe que existem no computador. Desde aplicativos de terceiros até ferramentas do próprio sistema operacional estão constantemente “roubando” sua internet, seja para verificar atualizações, sincronizar dados que não são interessantes aos nossos objetivos, ou ainda pior, enviar dados de utilização anônimos para seus fabricantes… E quem paga esse envio é o seu financeiro.

Também não é raro encontrarmos, colaboradores que não estão tão interessados em ajudar a manter a fluidez da internet da empresa, aproveitando-se do horário de trabalho para baixar arquivos pessoais, como filmes, músicas, seriados e outras coisas, um simples programa de Torrent, que é um protocolo de transferência de arquivos via internet, pode reduzir a velocidade de uma banda larga de 100 megabytes à pouco mais que zero, aproveitando-se de toda velocidade para si.

Para o tráfego que é interessante, instalamos no firewall corporativo uma ferramenta chamada de “cache”. O cache, funciona como um arquivo temporário, semelhante ao cache do seu navegador, que guarda imagens e arquivos de sites visitados para não precisar baixá-los novamente do servidor. Quando falamos em cache em um firewall na rede, isso quer dizer que um site que foi acessado a poucos minutos em um computador, estará praticamente todo disponível para os demais computadores que acessarem (dentro de um período de tempo) sem precisar utilizar sua banda larga, ou seja, o acesso é exponencialmente mais rápido.

 

Disponibilidade

Um dos maiores desafios em empresas que necessitam de acesso à rede mundial de computadores para atender seus clientes, acessar bancos, etc. É a disponibilidade: Quando há um histórico de intermitência na velocidade ou no fornecimento de conexão à internet.

Um firewall corporativo é a ferramenta certa a ser aplicada nestes casos, pois é possível diversas configurações que garantem que setores críticos (aqueles que deixam sua empresa sem produzir) estejam sempre conectados. Entre essas configurações e ferramentas está o balanceamento de tráfego (traffic-balancing), que utiliza duas ou mais conexões distintas (de operadoras distintas) em uma mesma rede, trocando automaticamente da rede padrão para a auxiliar após detectar a falha de conexão ou lentidão. Também é possível definir regras de prioridade de tráfego (quality of service) para aqueles setores ou pessoas que possuem maior necessidade de conexão.

 

Aumento de produtividade

Segundo pesquisas de renomadas universidades, um fator que limite o acesso de colaboradores a sites que dispersam sua atenção potencializa normalmente em até 33% a capacidade de produtividade da empresa. Essa pesquisa observou que empresas tradicionais, que não necessitam de internet para suas atividades afim, quando desconectadas registravam um aumento de 60% a 80% na velocidade de cumprimento de tarefas básicas entre funcionários, e “empresas 2.0”, como são chamadas aquelas que dependem de internet para cumprirem suas atividades afim, em até 33%.

Neste sentido, o firewall é uma importante ferramenta que pode ser utilizada para bloquear o acesso a sites indesejados para determinados grupos ou pessoas. Isso pode ser feito utilizando diversas combinações, seja em um bloqueio de determinados sites indesejados (o que chamamos de “black list”, ou lista negra) ou ao contrário, bloqueando todos os sites por padrão e liberando-se o acesso somente àqueles desejados (chamado de “white list”, ou lista branca).

Também é possível fazer bloqueios utilizando autenticação, onde é exigido um usuário e uma senha do usuário para navegar na internet, ou a liberação por máquina, onde determinados computadores, onde certos funcionários sentam, possuem privilégios diferentes de outros. As combinações são infinitas.

 

Diferença entre firewall corporativo e firewall (software)

Talvez você já tenha ouvido falar em “firewall” pelo programa que acompanha seu antivírus, ou ainda, seu sistema operacional, mas não é bem disso que se trata. Um programa de firewall local é apenas uma medida paliativa para tentar bloquear ações de programas maliciosos no âmbito do seu computador. Ele não possui nem sequer de longe as funcionalidades necessárias para manter uma rede segura. Como costuma-se comentar no mercado de tecnologia: O “Firewall do sistema operacional é como um preservativo que avisa que o usuário está com uma DST” , mesmo que triste a comparação, é exatamente assim sua ação efetiva.

Um firewall corporativo não é apenas um software, mas um conjunto de softwares, instalados em uma máquina exclusiva para este fim e que será ligado na(s) rede(s) de internet e na(s) sua(s) rede(s), fazendo a mediação e o controle entre as partes.

 

Controle a internet da sua empresa com o Firewall corporativo NSEC.

Tradicionalmente um firewall corporativo é uma máquina eletrônica exclusivamente desenvolvida para este fim, em desvantagem que são de alto custo e difícil implementação, já que somente um técnico especializado em determinada marca de firewall pode dar manutenção naqueles equipamentos do fabricante, o que limitou seu uso por muitos anos somente à grandes empresas.

Em meados de 2000, nos somamos a um grupo de programadores independentes, interessados em desenvolver uma ferramenta viável para pequenas e médias empresas, surgiu então o primeiro conjunto de ferramentas compiladas exclusivamente para este fim, utilizando um servidor tradicional, ou seja: Um computador. Hoje, colaboram mais de seiscentos programadores independentes, que mantém uma ferramenta completa, estável, de baixa manutenção e de baixo custo.

O Firewall Corporativo NSEC é um conjunto de ferramentas instaladas sobre GNU Linux, um sistema operacional livre de licenciamento que está presente em cerca de 80% dos dispositivos no mundo, do Google ao seu smartphone, lá está ele. Contacte-nos hoje mesmo e comece a controlar o tráfego da sua internet e seus custos em internet e manutenção de informática.